Por definição do Guia de Validação de Sistemas Computadorizados da ANVISA, LIMS é um sistema de gerenciamento de informações de laboratório (Laboratory Information Management Systems), é a forma mais eficiente para controlar o ciclo do processo laboratorial, desde o início dos projetos, experimentos, lotes, amostras, análises e especificações.

O LIMS pode ser integrado com os equipamentos do laboratório e outros softwares corporativos como ERP, MES, PIMS e sistemas financeiros.

O LIMS é um forte aliado para o gestor do laboratório garantir a gestão através de indicadores consolidados e relatórios gerenciais.

Qual o benefício de utilizar um software LIMS no laboratório?

A aquisição de um software LIMS garante a confiabilidade dos resultados, rastreabilidade das informações, atendimento a requisições e Normas, além de automatizar todos os seus processos com total segurança.

Benefícios do LIMS

  • Redução de retrabalho e produtos não conformes;
  • Menor tempo de processamento dos lotes de produção e correção do processo produtivo;
  • Integração com sistemas corporativos, financeiros e de produção para registro de amostras e publicação de resultados, assim como aquisição de dados diretamente dos equipamentos de análise.
  • Facilidade no atendimento dos requisitos de normas e boas práticas como a Norma NBR ISO/IEC 17025;
  • Maior confiabilidade nas análises e inspeções;
  • Redução dos custos nos processos de qualidade e produção;
  • Rastreabilidade total dos processos de qualidade e inspeção;
  • Menos tempo para a tomada de decisões na fábrica;
  • Liberar lotes de matérias-primas e produtos acabados em menos tempo;
  • Segurança das informações.

Quais os tipos de software LIMS?

Os softwares LIMS podem funcionar na infraestrutura da empresa (on premises) ou no modelo de software como serviço (SaaS) com o banco de dados disponível na nuvem, economizando custos com infraestrutura e garantindo a praticidade e segurança no acesso as informações.